10 Dicas Poderosas para Você Desenhar Melhor

Desenhar, para você, ainda é um grande desafio? Anda descontente com o resultado dos seus desenhos? Ainda não conseguiu acertar seu traço? Então precisa ler este post até o fim. Preparei uma lista com 10 dicas infalíveis para você se superar a cada novo desenho, para você desenhar melhor.




Espero que sejam úteis a você, assim como já foram para tantos artistas de sucesso.

1. Observe Tudo, o Tempo Todo

A partir de agora, nada de apenas olhar. Para desenhar bem, você precisa aprender a VER. Veja como são as pessoas, as paisagens, as cenas que se formam ao seu redor.

Imagine como você desenharia aquela mulher na fila do banco, o casal na praia, a criança brincando no parquinho. Esteja atento às roupas que vestem, à expressão de seus rostos e aos seus traços característicos.

Assim, você vai começar a reconhecer padrões que só olhos de desenhista treinados são capazes de captar. Desenhar pessoas, animais ou objetos será muito mais fácil. Quer mais? Seus desenhos serão mais expressivos e mais cheios de vida.

2. Expanda seus Horizontes

Inspire-se em outros artistas e use suas melhores obras como referência. Você aprenderá muito procurando conhecer como elas foram criadas. Beba de várias fontes. Só não vale se isolar, desenhista.

Nos sites Deviantart e Pinterest, você pode desenhar a partir de excelentes referências de artistas que já tem sua marca no mercado. Aproveite a internet para ficar ligado nas novidades e tendências do mundo da arte, especialmente as do desenho.

Veja os movimentos que mais lhe interessam e que podem até ser incorporados ao seu estilo no futuro. Vá a bibliotecas, galerias, converse com outros artistas pessoalmente ou pela internet mesmo. Troque ideias com eles. Não tenha vergonha de ir ao encontro do que você ama.

3. Crie seu Estilo

Em tudo o que fazemos, há um pouco da nossa experiência de vida. Cada obra carrega um pedacinho do artista, o que ele viu, o que ele sentiu, o que ele é.

Em um primeiro momento, é válido “copiar” as referências como treino, até para você se familiarizar com algumas técnicas. Mas procure imprimir sua identidade nos seus desenhos. Eles precisam ter a sua cara, o seu toque pessoal, o seu estilo.

Você pode começar mudando o contorno dos olhos, as cores, algum detalhe da cena ou do personagem. Lembre-se das suas observações e adicione seu estilo. Seja criativo! Vai chegar um momento que as pessoas vão olhar o seu desenho e dizer: nem precisa de assinatura para saber que é seu!

Ah! Ao usar desenhar usando uma referência, só fique atento para creditar o artista da obra original.

4. Peque Leve no Lápis ao Desenhar

Acostume-se a controlar a pressão que você exerce no lápis. Falo de dois tipos de pressão: a do lápis contra o papel e a que seus dedos exercem ao segurarem o lápis. Nos primeiros desenhos, é comum que sua mão esteja mais “pesada”, podendo marcar em excesso o papel. Traços fortes são mais difíceis de serem apagados e ainda deixarão marcas que podem estragar sua arte.

É possível segurar o lápis com firmeza, mas com a mão mais relaxada. Em um outro momento, falarei de alguns exercícios que podem ajudar você a soltar a mão para desenhar com mais leveza.

5. Seja um Eterno Curioso

Por mais que a prática seja importante, evite subestimar a teoria. Independente do seu nível de conhecimento hoje, sempre haverá o que aprender, o que melhorar. Estude teoria das cores, perspectiva, luz e sombra e tudo o que se relacionar ao desenho.




Vejo muitos desenhos bem executados, mas mal enquadrados no papel pelo desconhecimento de fundamentos básicos de composição artística. Faça da teoria uma forte aliada para que você agregue mais valor aos seus desenhos.

A internet pode dar uma mãozinha a você. Há muito material gratuito sobre desenho, por exemplo, no site YouTube. Mas se você quer agilizar seus estudos e aprender a desenhar por um método com começo, meio e fim, recomendo que adquira um curso pago.

6. Seja um Perito em Proporção

Se você vai desenhar figuras humanas ou animais, estude anatomia. É muito fácil identificar um desenho com elementos desproporcionais, fácil até mesmo para quem nunca estudou artes.

Observe as proporções de cada parte do corpo. Quer aprender? Pratique, mas entendendo bem a teoria.

Desenhar cada parte do corpo é um bom treino. Procure comparar com outros desenhos em mangás, quadrinhos, livros. Busque técnicas em bibliografias certificadas.

Seu trabalho vai ter um resultado muito melhor quando você colocar tudo certinho em seus lugares e tamanhos.

7. Abra a Porta para o Novo Entrar

Ter preferência por um estilo do desenho é mais que natural. Digo até que é extremamente importante você se especializar em um deles. Seu público reconhecerá seus trabalhos com muito mais facilidade do que se você fizer todo tipo de desenho.

Respeite suas referências, seus gostos, mas não faça sempre a mesma coisa. Seja inovador, mude a posição do seu personagem, mude a expressão, ouse nas cores. Prove o sabor de novos estilos. Sempre traga algo novo para o seu trabalho.

Mas se você não gostou do que experimentou, não jogue fora nada. Guarde esses desenhos porque eles podem se tornar ótimas referências para futuros trabalhos. Uma ideia sempre pode ser usada, basta saber identificar onde e quando.

8. Desenhe em um Ambiente bem Iluminado

Desenhar é estar atento a pequenos detalhes. Para percebê-los, e também para reproduzi-los no papel, você precisará de um ambiente bem iluminado, especialmente à noite. Uma iluminação adequada também ajudará você a encontrar possíveis erros no seu desenho.

Existem luminárias para todos os gostos e bolsos, mas recomendo uma com iluminação a LED. Além de produzir menos calor e consumir menos energia, dá conta do recado por um preço acessível.

Improvise, se for preciso, mas conte com esse precioso recurso.

9. Pratique, se Deseja Desenhar Melhor

Aristóteles dizia que “nós nos transformamos naquilo que praticamos com frequência”. Se você quer ser um desenhista de verdade, exercite seu traço pelo menos dia sim, dia não. Faça estudos de mãos, pés, rostos, também de animais e paisagens. O objetivo é criar em você o hábito de desenhar.

Surgiu uma ideia? Passe-a para o papel. Se nada lhe vier à mente, refaça um desenho seu. Procure melhorar o que não lhe agradou da última vez. Você vai evoluir, percebendo suas forças e suas fraquezas, tornando-se cada dia mais experiente.

Falando nisso, já rabiscou alguma coisa hoje?

10. Confie no seu Taco

Hoje você é um desenhista melhor do que foi ontem e amanhã você desenhará melhor do que hoje. Acredite no seu potencial e respeite seu ritmo de aprendizado.

Quer saber o quanto você tem evoluído? Procure datar cada desenho que você concluir e guarde todos eles em uma pasta. Sim, todos! Mesmo aqueles que não ficaram tão bons na sua opinião. Uma vez por mês, compare seu trabalho mais recente com o do mês anterior. Você, certamente, terá uma ótima surpresa.

 

Agora que você já sabe o caminho para fazer um bom desenho, parta para a ação hoje mesmo. Siga essas 10 dicas para desenhar melhor e mãos à obra!

De qual dica você gostou mais? Qual achou mais difícil? Quero muito saber sua opinião.

Sobre Ângelo Castro

Criou o Trilhas da Arte para contar ao mundo inteiro que qualquer pessoa pode aprender arte. Tornou-se desenhista aos 40, sem ter nenhum dom, acreditando no conhecimento e na persistência.

Visite meu Site
Ver todos os Artigos
Ângelo Castro
Ângelo Castro
Criou o Trilhas da Arte para contar ao mundo inteiro que qualquer pessoa pode aprender arte. Tornou-se desenhista aos 40, sem ter nenhum dom, acreditando no conhecimento e na persistência.

Pin It on Pinterest

Quer aperfeiçoar seu traço?

   

Receba no seu e-mail dicas e truques grátis sobre desenho